quarta-feira, abril 26, 2006

Cronicas

Boas, tinha prometido deixar aqui alguns relatos da minha ida a Londres e nunca mais aqui escrevi por isso:

Londres 1º dia: Fui jantar a um restaurante Libanês. Gostei da comida e do cachimbo com sabor a maçã no final... mas o meu estômago não e tive uma valente “discussão” com a minha sanita.

2º dia – Domingo: Dar uma volta e acabar na casa do FCP de Londres a comer uma vitela com cogumelos a beber uma Super Bock e a ver o FCPorto v Gil Vicente.
E ainda tive o prazer de uma visita guiada pelos trofeus e fotografias, visita essa guiada pelo Zeca.
Para quem não sabe onde é a casa do FCP, ela fica em Clapham North, saiam na estação do metro e metam pela rua á vossa direita.

3º dia – Mais uma volta e uma ida a Watford onde fiquei uma noite aqui www.thegrove.co.uk de borla!!!

4º dia – Conhecer Londres desde a feira punk em Camden, ao Big Bem em Westminster. Foi ao ver o tamanho do Big Ben que percebi porque é que os ingleses dizem que ele é ... Ben.

5º dia – De pernitas cansadas pelos km andados ( perdão, milhas! ) e sempre á espera por aqueles gajos que tem a mania de conduzir pela esquerda me atropelassem, ainda deu para ir a Stockwell, zona de portugueses, ver no restaurante A Grelha de Ouro, o Barcelona – Benfica, enquanto comia umas pataniscas e bebia cerveja portuguesa.

6º dia – Só no ultimo dia é que fui ver stand up comedy, lugar escolhido o bar The Walkabout em Putney, onde todas as 5ªs e Sabados vários artistas se apresentam. ( podem ver em www.thecomedytree.com ).
O espectaculo decorre na cave do bar, não há palco, apenas um espaço iluminado por algumas luzes, as cadeiras são dispostas consoante o numero de pessoas que estejam presentes... nesse dia estavam umas 50.
Quando eu lá estive o espectáculo era apresentado por um americano, muito ao jeito do Conan Obrien.
Apresentou 4 artistas, um inglês a fazer um personagem de um inglês begueiro, com uma pronúncia muito cerrada o que dificultava em muito a percepção do que ele dizia ( pelo menos a minha). Entrou numa de improviso com o publico e não se saiu muito bem.
Depois entrou um nigeriano de 2 metros, era das primeiras vezes que fazia e saiu-se bem.
O terceiro convidado da noite era uma convidada australiana que parecia que tinha snifado 3 kilos de cocaina... mas tinha piada.
Por ultimo entrou a estrela da noite ( não me falem em nomes que eu não me lembro ) era o mais consagrado, já com algumas presenças televisivas e notava-se no seu á vontade e no seu material... muito bom.

7º dia – E ao 7º dia, descansei, apanhei o avião e vim embora.

2 comentários:

Luis Flores disse...

Joao Seabra amei o programa em ponte de sor infelizment nao pude tar present mas acompanhei pela tv akela part do escarafunchador partiume a mocada a rir foi demais sou um big fan teu espero k ponhas mais posts aki no teu blog para eu ir acompanhando a sua carreira e ja agora gostava de saber cm se tornou um stand up comedy... um abraço Luis Flores

Luis Flores disse...

Responda po meu mail please luisgulpi@hotmail.com e va a este blog k eu fiz espero k curta http://vacalouca.blogs.sapo.pt/